Blog Beija Flor

SEU PET É DESOBEDIENTE? SEPARAMOS AS MELHORES DICAS PARA EDUCAR CACHORRO!

15/03/2019 por Administrador
Visualizacoes: 256

Se tem uma coisa que os cães fazem bem é testar nossos limites para saber até onde podem ir. 

São aqueles que gostam de brincar de pega-pega com as roupas dos tutores, arrancar as plantas do jardim, roubar comida da nossa mão, e por aí vai! Se seu pet faz parte dessa turminha da bagunça, confira algumas dicas para educar cachorro.
Assim como ocorre com a gente, cada cachorro tem sua própria personalidade. Mas, existem alguns pets que, dependendo do meio onde estão sendo criados, podem ficar um pouquinho desobedientes.

Entenda o comportamento do seu amigo

Os cães são descendentes dos lobos e, ao longo do tempo, adquiriram um traço de personalidade que é chamado “comportamento de matilha”. Nem sempre eles foram criados em uma casa, com conforto, alimentação e água à disposição.
Por esse motivo, alguns comportamentos selvagens são heranças de uma espécie que vive livre na natureza que é explorada por uma questão de sobrevivência. Mas isso não quer dizer que cada animal faz o que quer e quando bem entende.
Você já deve ter ouvido falar que toda matilha tem um líder. Esse papel segue o princípio de que, para ser organizado, todo grupo precisa obedecer a um padrão de hierarquia. Se com a gente é assim, no mundo animal não poderia ser diferente.
Ainda filhotes, os cães tendem a descobrir a quem devem obediência. No caso do seu pet, o líder é você ou alguém que mora na mesma casa. Nosso comportamento é que vai dando sinais sobre nossa posição na hierarquia.
Você já parou para pensar como o papel de líder está sendo executado? Os pets são diretamente afetados pelas nossas atitudes e, por isso, é bom estarmos sempre atentos sobre como estamos educando.
Mesmo com as melhores intenções, cometemos alguns erros que acabam confundindo nossos amigos. Confira as sete dicas para educar seu cachorro para que ele entenda qual é o lugar e quais são os limites dele na família.
  • Estabeleça uma rotina. O ato de desobedecer é natural quando não se conhece bem as regras que devem ser seguidas. Os pets começam a entender essas regras quando estabelecemos um cronograma de atividades que deve ser cumprido. Por isso, crie horários para alimentação, brincadeira e acesso a alguns cômodos da casa. Se você passa o dia fora de casa, por exemplo, escolha um horário antes ou depois para dar atenção ao seu pet.
  • Leve ele para passear. Esse momento é muito importante porque ativa o sentimento instintivo de liberdade do animal. Não esqueça que você é o líder. Saia de casa primeiro e ande sempre à frente do seu pet para que ele entenda a hierarquia.
  • Alimente seu cão depois da sua refeição. Em uma matilha, o alpha sempre come primeiro que os demais. Portanto, faça sua refeição tranquilamente e depois sirva seu amigo.
  • Na hora de lhe dar a comida, nada de bagunça! Faça com que ele se sente e espere. Coloque o recipiente no chão e só permita que ele comece a comer quando você liberá-lo. Ele deve entender que é você quem controla a comida.
  • As brincadeiras devem ser iniciadas por você. Se ele está chamando sua atenção para brincar, isso quer dizer que ele está tentando mostrar quem manda. Não se engane com o comportamento fofinho e amoroso! Ignore por alguns minutos, saia de perto dele e vai fazer outra coisa. Quando ele estiver distraído, inicie a brincadeira. Deixe bem claro quais são as regras para que ele não saia do controle e comece a pular, arranhar ou inverter os papeis.
  • Crie atividades para ele gastar energia. Essa é uma dica muito importante se você não sabe mais o que fazer com o excesso de latidos do seu pet. Latido em excesso é sinal de agitação e energia de sobra. Uma boa ideia é colocar petiscos em uma garrafa pet com furos e deixar que ele tente pegar a comida. Sempre que ele latir, faça estímulo negativo para que ele aprenda que não deve fazer.
  • Mostre a ele onde fazer as necessidades. Esse é um dos processos mais difíceis, mas não é impossível. Após a alimentação, coloque ele em um cercado no espaço que você escolheu pra ser o sanitário e só retire quando ele fizer as necessidades. Isso demanda tempo e paciência. Não repreenda, não bata com jornal ou com outro objeto em seu pet se ele fizer xixi ou cocô fora do lugar. Ele pode entender que o erro é a ação, não o local e isso pode trazer problemas urinários ou no aparelho digestivo.
  • Puna-o na hora certa. A punição deve ser feita no momento em que o cachorro errou. Só assim vai ter algum efeito. Fique atento ao modo como fala e use sempre as mesmas palavras de ordem para que ele associe à repreensão. Enfatize a primeira sílaba da palavra, por exemplo, se você quer que ele pare de latir, diga “CA-lado”. Estabeleça um tom de voz para cada situação: sério para dar ordens, alto para brigar e agudo para elogiar.

Quando você deve educar seu cachorro

É ideal que seu amigo comece a ser educado desde filhote. É nessa fase que ele começa a construir hábitos. Desse modo, qualquer comportamento negativo pode ser corrigido sem maiores problemas.
Se o pet já é adulto, isso não significa que você não vai conseguir educá-lo. Como ele já tem um histórico de hábitos, o processo pode ser mais lento. Se você tem alguma dúvida sobre o comportamento do seu animal, procure pela equipe da Vet Quality. Os profissionais especializados vão te orientar da melhor forma para que você e seu amigo passem com tranquilidade pelo processo de educação.