Blog Beija Flor

COMO FUNCIONA A ALIMENTAÇÃO NATURAL PARA PETS? É MAIS SAUDÁVEL?

17/03/2019 por Administrador
Visualizacoes: 166

Conheça esse tipo de alimentação e descubra se é recomendado para o seu amigo

Garantir que nosso pet se alimente bem é uma das nossas preocupações. Uma dieta equilibrada e rica em nutrientes evita uma série de doenças. Na hora de escolher o alimento para nosso amigo, nos deparamos com muitas possibilidades.
Uma das opções é a alimentação natural para pets. Por ser um assunto relativamente novo, algumas dúvidas surgem em relação aos benefícios.

Qual é a base da alimentação do meu pet?

Cães e gatos são fisiologicamente carnívoros. Por isso, a alimentação deve ser preparada com a composição adequada de proteína animal. Os cachorros são descendentes de lobos e seu código genético é muito próximo aos amigos da alcateia.
Os gatos são carnívoros estritos e necessitam de mais proteínas do que nós. A menor quantidade de dentes molares e pré-molares em comparação com os cães, estômago reduzido e intestino curto não combinam com excesso de fibras e carboidratos.
cachorro grande e preto ao lado de uma tigela de ração em frente a um fundo verde

O que é alimentação natural para pets?

É uma alternativa de dieta balanceada, criada com ingredientes naturais cozidos e congelados. Mas isso não significa que você pode oferecer para seu amigo o mesmo alimento que você come.
A ideia de que os animais devem comer os restos do nosso jantar está longe de ser saudável e segura. Por isso, nada de abrir a geladeira e dar para seu pet o que sobrou da sua batata frita.

Alimentação natural ou ração?

A alimentação natural foi, durante muito tempo, a única forma pela qual os pets se alimentavam. Quando eles passaram a fazer parte da família, comiam basicamente os restos de comida para humanos.
As rações industrializadas existem no mercado brasileiro há mais ou menos 50 anos. Elas são preparadas por meio de uma fórmula que contabiliza os nutrientes básicos que não podem faltar na dieta dos nossos amigos.
A diferença entre ambas é que os alimentos naturais são mais frescos e não possuem aditivos químicos, corantes ou estabilizantes. Além disso, as rações são compostas com uma quantidade maior de carboidratos em relação às proteínas e gorduras.

Quais são os nutrientes necessários para o meu pet?

Uma dieta equilibrada deve conter proteínas, gorduras de boa qualidade, carboidratos, fibras, vitaminas, minerais e água.  Também são necessários suplementos minerais para manter a porcentagem dos nutrientes que os pets precisam.
Probióticos e pré-bióticos também devem ser adicionados. Eles mantêm o equilíbrio da flora intestinal.
Os ingredientes utilizados na alimentação natural para pets são os mesmos da alimentação para humanos. Mas, o preparo deve ser completamente diferente. Temperos, alho e cebola podem causar uma séria intoxicação.
Alguns alimentos da lista do que pode ser oferecido aos pets são:
Carnes- carne bovina, frango, carne suína, peru, cordeiro, coelho.
Vegetais- cenoura, abóbora, mandioquinha, batata, batata-doce, inhame, vagem, brócolis, chuchu abobrinha.
Suplementação nutricional – a suplementação vai depender da espécie, estado fisiológico, idade, sexo, condições em que vivem e que tipos de atividades praticam.
Você ainda pode escolher entre os três tipos de alimentação natural para pets: cozida, crua com ossos ou crua sem ossos.
A dieta crua com ossos contém carnes, ossos e vísceras cruz. A sem ossos é feita com carnes e vísceras cruas com vegetais e carboidratos cozidos. A dieta cozida é preparada com carnes, vísceras, vegetais e carboidratos cozidos.
É importante que você fique atento ao uso de carboidratos. Como a proteína tem um custo alto, muitas pessoas acham que uma grande quantidade de carboidrato irá compensar. Mas isso é um erro que pode levar a problemas de obesidade e diabete.

Qual é quantidade certa de cada ingrediente?

A composição nutricional da comida natural para cachorro deve ser prescrita e assistida pelo médico veterinário nutricionista. Ele vai propor uma dieta de acordo com as características e necessidades nutricionais do seu pet.
É muito importante que, se você está pensando em oferecer alimentos naturais para seu pet, buscar orientação especializada. O animal vai precisar de um tempo de adaptação e isso também é levado em conta na hora do preparo das porções.
Se você tem mais de um bicho de estimação, pode ser que a mesma comida não sirva para todos. Tudo vai depender da predisposição genética, se tem doenças crônicas e, principalmente, se é gato ou cachorro.
Assim como ocorre com as rações, os alimentos naturais preparados para cães não devem ser consumidos por gatos. O contrário também não.