Blog Beija Flor

Vermes em cães: como resolver este problema tão comum?

18/06/2019 por Administrador
Visualizacoes: 20
Dependendo do tipo de parasita, ele pode provocar desnutrição no animal e infectar os seres humanos
verme em cachorro é muito comum e os animais de estimação. Por estarem em contato com o chão e explorar o mundo com o faro e com o paladar, os cães acabam contraindo vermes pelo menos uma vez na vida.
A prevenção de vermes é um método fácil e de baixo custo. No entanto, se a vermifugação não for feita com frequência, os pets estarão mais suscetíveis a desenvolver doenças que nem sempre são fáceis de serem tratadas.
Saiba mais o que ocasiona vermes em cães, quais são os sintomas e como tratar.

O que é verminose canina

A verminose é uma doença causada pela presença de parasitas no organismo do pet. Na maioria dos casos, os vermes se alojam no intestino e o principal veículo de infestação é a boca.
Em casos mais graves, os parasitas podem se alojar no estômago, pulmão, rins, esôfago e até no coração. Nesses casos, as consequências são muito perigosas e podem comprometer os órgãos, levando o animal a óbito.
Cada tipo de verme possui seu ciclo de vida e de reprodução próprios. Além disso, os sintomas causados também dependem do tipo de parasita, do órgão comprometido e do tempo em que o animal está infectado.

Como ocorre a infestação do verme em cachorro

A forma de infestação depende das características de cada verme. Como já dissemos, a via oral é o meio mais comum.  Nesse caso, o cachorro ingere ovos ou larvas de parasitas, que podem estar na água, no solo ou no próprio ambiente.
Os vermes também podem entrar no corpo do cachorro por via cutânea. Dessa forma, eles penetram nas camadas mais profundas. É importante você saber que essa contaminação pode ocorrer mesmo se seu amigo não tiver nenhuma ferida.

Outra forma comum de infestação é por meio do hospedeiro intermediário. Nesse caso, o cão ingere uma pulga que está infectada por um verme e este se desenvolve em seu organismo.  Ingerir carne crua infectada é outro exemplo desse tipo de contaminação.
Adquirir vermes por meio da gestação também é possível. Dessa forma, a mãe infectada transmite a doença para os filhotes quando eles ainda estão na barriga.
Em muitos casos, a cadela gestante tem deficiência de nutrientes porque não tem acesso a uma alimentação adequada para esse período. Com isso, a imunidade tende a baixar e é por isso que encontramos vermes em filhotes com maior facilidade.

ermífugo para cães elimina os parasitas

O vermífugo  é o principal medicamento destinado a eliminar os vermes já existentes e fazer a prevenção para impedir o surgimento de um novo ciclo de infestação. Dependendo do caso, pode ser necessário administrar outros medicamentos ou suplementos vitamínicos.
Não é tão simples acabar com o ciclo de infestação porque os vermes podem sobreviver por longos períodos no ambiente. Por esse motivo, os cães devem passar por vermifugações desde filhotes.
Esse medicamento deve ser administrado durante toda a vida do animal. Para saber qual é o produto ideal, converse com o veterinário. O profissional será capaz de identificar o tipo de verme e prescrever o tratamento ideal.